Metabolismo cardíaco

A maioria das doenças cardiovasculares pode ser prevenida tratando os fatores de risco.

blue
Imagen
Cardiometabolismo

As doenças cardiovasculares (DCV) são a principal causa de morte em todo o mundo. É, portanto, fundamental prevenir a sua ocorrência controlando os principais fatores de risco, visto que a maioria das DCV pode ser prevenida através da intervenção nesses fatores, tais como o tabagismo, dietas pouco saudáveis e obesidade, sedentarismo ou o abuso de álcool, recorrendo a estratégias que englobem toda a população.
Apesar da mudança destes hábitos, há pessoas que podem necessitar de um tratamento farmacológico para ajudar a manter o controlo dos fatores de risco cardiovascular. Quando ocorre um primeiro evento, a gestão adequada destes fatores de risco torna-se ainda mais importante, pois aumenta o risco de ocorrência de um segundo evento.
Estima-se que cerca de 30% dos pacientes sofrem um segundo enfarte cinco anos depois do primeiro. Por esse motivo, é fundamental estabelecer um plano de prevenção destinado a reduzir o risco cardiovascular destas pessoas.

Referências:

 

1. https://enfermedades-raras.org/index.php/enfermedades-raras

2. Galiè N, Humbert M, Vachiery JL, Gibbs S, Lang I, Torbicki A, et al. Orientações da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC)/Sociedade Europeia Respiratória (ERS) 2015 para o diagnóstico e tratamento da hipertensão pulmonar: Task Force da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC) e da Sociedade Europeia Respiratória (ERS) para o diagnóstico e tratamento da hipertensão pulmonar: Apoiada pela: Associação Europeia de Cardiologia Pediátrica e Congénita (AEPC) e Sociedade Internacional para a Transplantação Cardíaca e Pulmonar (ISHLT). Eur Heart J. 2016;37(1):67-119.

3. Protocolo Hipertensión Pulmonar SEMI. ©2011 Sociedade Espanhola de Medicina Interna e Elsevier España, S.L. ISBN: 978-84-7592-725-1

4. Quezada Loaiza CA, Velázquez Martín MT, Jiménez López-Guarch C, Ruiz Cano MJ, Navas Tejedor P, Esmeralda Carreira P, Flox Camacho A, de Pablo Gafas A, Delgado Jiménez JF, Gómez Sánchez MA, Escribano Subías P. La evolución de la hipertensión arterial pulmonar a lo largo de 30 años: experiencia de un centro de referencia. Rev Esp Cardiol 2017;70:915-23

5. Associação de Pacientes com Hipertensão Pulmonar de Espanha: https://www.hipertension-pulmonar.com/hipertension-pulmonar/